quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Avó é presa suspeita de espancar a pauladas o neto de 12 anos

(Foto: Divulgação)
Uma mulher de 52 anos, que não teve o nome divulgado, foi presa ontem e posteriormente liberada após o Conselho Tutelar receber uma denúncia de que ela teria agredido a pauladas o neto de 12 anos, em Parintins (AM), a 369 quilômetros de Manaus. A avó admitiu ter agredido o menino e disse que quis puni-lo por uma desobediência.



De acordo com a delegada Alessandra Trigueiro, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, a equipe da unidade policial foi acionada naquela manhã, por volta das 9h, pelo Conselho Tutelar do município, informando que um adolescente de 12 anos havia sido espancado pela avó materna em uma casa situada na segunda etapa do bairro Itaúna.



Segundo a delegada, os policiais civis foram ao local e constataram que a vítima apresentava várias lesões pelo corpo provocadas por pauladas com pedaços de madeira e um corte próximo à orelha direita, além de ter o couro cabeludo raspado apresentando pequenos cortes. Ainda de acordo com a delegada, a avó teria tentado deslocar o dedo mínimo da vítima.



Em depoimento à polícia, a mulher afirmou que a motivação das lesões seria o fato de o adolescente ter saído de casa para comprar material escolar sem o conhecimento da avó. "Ela disse que estava apenas dando uma correção nele. Mas o próprio exame de corpo de delito e até a própria característica do adolescente realmente demonstram que ele sofreu maus-tratos", ressaltou a autoridade.

Veja também