Full width Top advertisement

Famosos

Televisão

Colunas

Propaganda 1 news

Paula Fernandes revela que demorou 2 horas para escrever “Juntos e shallow now”

Paula Fernandes revela que demorou 2 horas para escrever “Juntos e shallow now”
(Foto: Divulgação)
Animada com a repercussão de “Juntos”, sua versão da canção “Shallow”, de Lady Gaga e Bradley Cooper, Paula Fernandes revelou em entrevista ao G1 como compôs e defende a licença poética do “juntos e shallow now” – (juntos e rasos agora, em inglês). “Na primeira vez que ouvi “Shallow” foi paixão à primeira vista. A primeira vez que ouvi foi no filme mesmo. Fiquei muito surpresa com o resultado, pois sei que a Lady Gaga é atriz e compositora e achei que ela se saiu muito bem. A música é um hino. Eu sempre fui muito fã”.


A cantora ainda contou como foi o processo de composição: “A primeira coisa que aconteceu foi eu aprender a letra em inglês. Daí acabei tocando em um estúdio onde meu empresário (Marcelo Maia) estava. Ele publicou um vídeo com isso. A ideia da versão veio dele mesmo. Ele estava conversando com um radialista, comentando sobre a repercussão do vídeo que ele publicou. Mas eles falaram do fato de 60% das rádios do Brasil só tocarem músicas em português. Claro que topei na hora. E sou da mesma gravadora dela (Universal), o que facilitou. Fomos falar com a gravadora no Brasil e eles me apoiaram.Eles iriam mandar para o exterior e pedir aprovação. Aí tive que fazer de um dia para o outro. Fiz em uma madrugada”.


A inspiração, conta ela, veio após uma festa no Rio de Janeiro: “Eu estava em um quarto de hotel no Rio. Tinha ido ao aniversário da (promotora de eventos) Carol Sampaio. O debate com meu empresário foi manter ou não a palavra “shallow”. Porque é muito forte. Para mim, ficou claro que deveria manter. Até para as pessoas ouvirem o verso que ficou tão famoso. Não é uma tradução, é uma versão adaptada. Eu tentei colocar palavras em português, mas não ia funcionar para mim. Completei com a palavra que é o nome da música, que é forte. E o “now” terminando a frase. Musicalmente ficou perfeito”, explicou a cantora.



Paula ainda comentou sobre a repercussão da canção: “Foi o Neymar Jr que postou o refrão da música. Eu comecei a receber os memes. Apareceram milhares, e fiquei fascinada com aquilo. Foi tanta gente. Eu não conseguia ver tudo. As pessoa me marcavam. O brasileiro não tem limite. Eu estou me divertindo muito com isso. Foi um barulho nacional. Fazia tempo que uma música não tem tanta repercussão. É muito importante dizer que a música não tem objetivo de ser uma comparação. É um tributo. Lady Gaga é uma artista única. Quero que os fãs saibam que tem uma fã cantando. E ela se chama Paula Fernandes. E eu quis fazer daquela maneira. Eu também tenho a licença poética de me expressar dessa forma. E todo mundo esquece que tem um contexto do início da música que é muito profundo, quando fala sobre colar os nossos pedaços. Aí entrou o meu dom criativo, e eu tenho muito orgulho disso. Como eu digo: se não gosta, não entra no meu perfil”, finaliza a cantora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]