Full width Top advertisement

Famosos

Televisão

Colunas

MÚSICA

Propaganda 1 news

"Killer Ratings", Netflix conta história do apresentador que matava por audiência

"Killer Ratings", Netflix conta história do apresentador que matava por audiência
(Foto: Divulgação)
Certamente você sabe que a Netlix adora fazer séries documentais sobre serial killers e casos de assassinato para lá de sinistros. Além dos já conhecidos psicopatas americanos, ela lançou mais uma história do gênero, dessa vez brasileira. Killer Ratings, ou Bandidos na TV, conta a história do apresentador de televisão Wallace Souza.



A produção do seriado ficou a cargo das produtoras britânicas Caravan e Quicksilver. Além disso, ela é mais um dos produtos do sistema de streaming que buscam ganhar o coração do público latino e brasileiro, em especial.

O show é coerente com a proposta da Netflix de diversificar e aumentar cada vez mais sua produção original.



Inicialmente, Wallace Souza era só mais um apresentador desses programas “jornalísticos” brasileiros, focados em crimes. Ele ganhou muita fama apresentando o programa sensacionalista “Canal Livre”. O show era veiculado por uma emissora de Manaus, TV Rio Negro (atual Band Amazonas).

O seu programa foi um sucesso estrondoso. Apesar disso, ele entrou em várias controvérsias depois de várias denúncias dos guarda-costas de Souza. Eles alegaram que o apresentador só conseguia chegar primeiro à cena do crime porque ele próprio era responsável pelos assassinatos.



Em 2009, o apresentador que já estava inserido na política nacional, foi acusado de assassinato e tráfico de drogas. Ele acabou escapando da polícia e desapareceu. Posteriormente Wallace Souza se entregou para a polícia e morreu de ataque cardíaco em 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]